Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/sitioe80/public_html/caracolfuracao.com.br/Connections/gecon.php on line 9
Caracol Furacão

Inicial
O que é???
Quem sou eu e quem é você nesta história...
Se for pra sugar vida, gastar da vida, brindar a vida...
Grupo de pais: Buscando Aliados
Tudo depende do quê? Depende do jeito que a gente vê! Outros grupos
Deixem-nos ser quem somos, mas não deixem de nos mostrar quem também podemos ser: um espaço adolescente
Faz de conta que eu era... Uma terra chamada infância
Quantas raízes pode ter uma vida grama? A madureza...
Encontros com Pais
 

 






Deprecated: Function split() is deprecated in /home/sitioe80/public_html/caracolfuracao.com.br/strtexto.php on line 256

Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/sitioe80/public_html/caracolfuracao.com.br/Connections/gecon.php on line 9

Grupo de pais: Buscando Aliados

Uma Idéia

Há 9 anos trabalhando em parceria entre a fonoaudiologia e a psicologia, começamos a perceber que havia a necessidade de buscarmos, nos pais, colaboradores mais ativos no processo terapêutico de seus filhos.

Um desafio

Construir um espaço de trabalho onde, através de oficinas, os pais criassem um campo para a construção de um novo viver.

Os Passos

1. Solicitamos aos pais sugestões de assuntos a serem trabalhados nas oficinas:

  • A importância de estabelecer uma boa comunicação.
  • Redescobrindo os cinco sentidos.
  • Limites.
  • Brincar x Trabalhar.
  • Reflexões sobre a infância.
  • Usando o tempo ao nosso favor entre outros.

2. Elaboramos um programa de trabalho com duração de quatro encontros quinzenais, abordando os temas de maior interesse do público alvo.
Temas dos módulos:

  • A importância da comunicação.
  • Limites: a disciplina como ampliadora de espaços.
  • Reflexões sobre a infância.
  • Brincar x trabalhar.

Um Referencial

A nossa prática de grupo é pensada como dispositivo: combinações singulares de componentes heterogêneos que abrem determinados campos de visibilidade e dizibilidade.

O campo grupal se define, então, como um composto, um emaranhado de linhas das muitas histórias que nele se cruzam. No dispositivo-grupo estabelecem-se conexões não apenas entre pessoas diferentes, como também entre modos de existencialização diferentes, o que cria um vasto espaço de interrogações, inquietações, movimentos inesperados, a desnaturalização dos modos de viver.

O “experimentar ouvir o outro” irradia uma vivência de ouvir outros – outras línguas para outros afetos, outros modos de viver- ocorrendo, então, atos de expansão. Há um deslocamento de espaço de vivência de angústias, fundamentalmente experimentadas como individuais.

  • O que queremos acionar quando utilizamos o dispositivo-grupo?
    A indicação é a de criar, ousar, dar espaço para a multiplicidade, viver uma re-aprendizagem do cotidiano, inventar novos universos de referência, reinventar a vida.

Equipe Responsável

Psicólogas

  • Raquel Saling Guglielmi
    CRP 07/06340
    Especialista em Psicologia Clínica

Fonoaudióloga

  • Rosângela Marostega Santos
    CFF 5208
    Mestre em Lingüística pela PUC-RS.
    Especialista em Linguagem pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia




1º Encontro: Comunicação

2º Encontro: Limites

3º Encontro: A Infância

4º Encontro: O Brincar

As Companhias / Ferramentas

As Ressonâncias

Uma Nova Suavidade

Novas Parcerias

Maquiné: Trilha Ecológica

Por fim...

O referencial

 
(51) 3321-2113 - Av. Taquara, 110/201 - Petrópolis - Porto Alegre - RS
Copyright © 2006 Caracol Furacão - Desenvolvimento: Sítio Eletrônico